Opúsculo de um Vencido

domingo, 17 de abril de 2011

Sublimação

Quão estes olhos túmidos se vão
Perdidos lá na luz de tempos vagos,
Que ao firmamento giram em unção
Sob o calor, oh! Lívia, dos afagos

De teu amoroso e terno coração,
Que paga-me rancores nunca pagos
E inspira-me ao peito a devoção
Guiada à Jesus por três reis magos.

Pois sob aquela estrela de Belém
Estava o salvador dos Malfadados,
A quem tu'Alma santa, diz:- Amém!

Enquanto a ti eu digo aos bocados:
- Naceste não p'ra ser só um alguém,
Mas para dar a cura aos desgraçados!...

( Queiroz Filho)

Nenhum comentário:

Postar um comentário