Opúsculo de um Vencido

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Das Conveniências

Amei-te no intervalo de um gozo;
Nas gulas desse meu tesão distinto
E dei-te o meu suor mais precioso,
Inflado pelas mágicas do instinto...

Eu partilhei contigo o vinho tinto
Que deixo para o instante doloroso
Onde te provarei que eu não minto
Ao desejar teu corpo criminoso.

Portanto, meu amor, nada te devo!
Romance é uma bobagem passageira,
Casório é loucura... Não me atrevo!

A mais fiel será logo a primeira
Que se abraçará a algum bom trevo
Temendo que a taxem de rameira!...

(Queiroz Filho)

Nenhum comentário:

Postar um comentário