Opúsculo de um Vencido

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

2º Poema da Necessidade

É preciso salvar José,
É preciso suportar Michel,
É preciso odiar Fernando,
É preciso acordar nós todos.

É preciso sair do país
É preciso criar um Deus,
É preciso omitir as dívidas,
É preciso comprar um PC,
É preciso esquecer a Baiana.

É preciso estudar física Quântica,
É preciso fingir-se sempre bêbado,
É preciso ler Drummond,
É preciso vencer as dores
Que, nos causaram, certos autores.


É preciso crer em lobisomens,
É preciso, sim, reinventá-los,
É preciso colher flores pálidas
E anunciar o INÍCIO DO MUNDO.

( Queiroz Filho )

Nenhum comentário:

Postar um comentário