Opúsculo de um Vencido

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Nexo

Querer-te unicamente para o gozo,
Fará de mim um monstro desprezível?!
Esperas que eu te seja um cão raivoso
E, do ciúme, desça ao baixo nível?

Ingênua Rosalina, é impossível!
Não tenho vocação para ser Bozo!...
Meu egoísmo não é perecível
E meu Amor é chulo e até viscoso...

“Foder que é destino dos humanos!”
“Nascemos e morremos pelo sexo!”
E o resto é apologia e desenganos...

Meu côncavo cavando o teu convexo
O mênstruo e a porra colorindo os panos!...
Eis o que faz o amor ter algum nexo!

( Queiroz Filho )

Nenhum comentário:

Postar um comentário