Opúsculo de um Vencido

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Arcano Rei

Nas trevas teu olhar me ilumina:
Consolador farol sobre o meu cais;
Esmagador de Harpias colossais;
De ódios que o peito contamina.

Tu és a áurea Luz da minha Paz;
A epifania astral do Amor supremo;
A supraconsciência em grau extremo
E a redenção cabal de Satanás!...

Oh, aurora azul da Babilônia nova!
Desenterraste a minh’Alma da cova...
Por isso o teu pupilo, enfim, serei.

Em todo plano, espaço ou dimensão,
Só os veneráveis homens beijarão
Os teus sagrados pés, oh! Arcano Rei!...

Queiroz Filho

Nenhum comentário:

Postar um comentário