Opúsculo de um Vencido

terça-feira, 29 de março de 2011

Lirismo Embasbacado

Se em teu peito guardas um amor
Como disseste antes: - Vagabundo!
E tens um coração que deste mundo
É astro rei em todo seu esplendor.

É insanidade minha ou desfavor,
Querer de ti um sonho tão profundo,
Pois a avareza trago de um imundo,
E tu, da vida, levas, todo o ardor!...

Só tu sabes viver, só tu comprazes
O ser que se perdeu de seu caminho,
E que não a fez sentir em suas frases

A glória de gozar de um bom carinho,
Quando arfando aos teus beijos vorazes,
Na vida, enfim, deixou de ser sozinho...

(Queiroz Filho)

Nenhum comentário:

Postar um comentário