Opúsculo de um Vencido

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Coração

Ó, coração! O que te irrita, dizes?...
Não mais aceitarei tais cerimônias!
Confessa-te e seremos mais felizes
Pois juntos enterramos as insônias.

Que tanto nos fizeram passionais
Ao julgo do amor e da esperança...
Às vezes, és pior que uma criança
Birrenta, a dizer - Não quero mais!

A minha calma ainda não é Santa,
Entendas de uma vez, menino chato!
Sou eu quem te escuta e te canta,

Por isso me ouças - Chega de recato!...
Tu does em mim, amigo, e a dor é tanta,
Que esqueço que és eu e até me bato!...

( Laura Alves Coimbra )

Nenhum comentário:

Postar um comentário